domingo, 6 de dezembro de 2015

Sia revela como é compor com Adele, Beyoncé, Rihanna e Katy Perry


Ela falou sobre o processo com cada uma para a revista Rolling Stone.

Depois do mundo todo ficar sabendo que composições de Sia já foram rejeitadas por grandes cantoras, ela resolveu contar como são os processos criativos de cada uma delas. Beyoncé, Katy Perry, Rihanna e Adele estão entre as mencionadas pela cantora.

Recentemente, a loira lançou como single “Alive”, uma faixa que havia feito para a dona do “25” – e fez o maior sucesso com ele! Apesar da rejeiçãozinha de leve, não é difícil compor com alguém de talento como a Adele. “Ela é muito talentosa, então foi bem fácil. É engraçado, porque ambas são meio dominadoras, porque nós tomamos as rédeas do nosso trabalho de composição e de canto”, revelou. “Como ambas somos confiantes, acabamos sendo alpha de alguma forma”.

Sia contou que escolher alguma música para oferecer a alguma cantora pode ser difícil. “Você fica tentando encontrar onde colocar as peças certas. Às vezes, acho que uma faixa é boa demais para ser desperdiçada”, explica. “Isso pode soar mal, mas estou dizendo de uma maneira fofa, só que um artista que bomba nas rádios é seu foco quando você é uma compositora. Você quer alguém que toque muito”.

Pensando dessa forma, a australiana ofereceu “Chandelier” e “Elastic Heart” para Katy Perry, que recusou e deve se arrepender por isso. As duas também tentaram compor juntas… Mas não rolou! “Ela [Katy] é um pouco dominadora e muito analítica. Eu meio que me demiti depois da primeira hora da primeira sessão. Falei: ‘você concorda que isso não está funcionando? Nossa dinâmica e composição?”, contou. “Ela disse: ‘eu amo isso, é como um quebra-cabeça para mim’. Então eu falei: ‘mas isso é chato para mim. A análise é totalmente entediante para mim… É inimiga da criatividade”.

Já com Rihanna, o negócio foi bem diferente. Sia contou que já foi para um estúdio com a barbadiana e com o Kanye West para comporem, só que eles simplesmente não iam para lá. “Nenhum dos dois estava lá, ou pelo menos ficavam por mais de uma”, disse. Ela também deixou bem claro que é a primeira a mandar alguma música para Riri, se ela estiver procurando algum single novo.


Beyoncé, rainha do jeito que é, tem um esquema totalmente diferente das demais. “O processo com ela [Queen B] é quase um acampamento de compositores. Ela viajar com a gente aos Hamptons e todos nós ficamos em uma casa juntos, em torno de cinco compositores e produtores muito bons”, explicou. “Ela visita cada quarto, contribui e nos deixa claro tudo que está sentindo sobre a composição como um todo. Beyoncé é meio Frankstein quando faz música, pois vai dizendo ‘eu gosto do verso dessa, gosto do refrão dessa, do pré-refrão dessa. Você pode misturar?’”.

Sia também contou que acabou fazendo 25 música para a Queen B e que, com certeza, alguma delas estará em seu próprio álbum. O sétimo disco de estúdio dela será lançado em janeiro de 2016 e virá cheio de surpresas.

“Estou chamando isso [o disco] de ‘This Is Acting’ porque tem músicas que eu escrevi para outras pessoas, então eu não estou entrando nessa pensando ‘isso é algo que eu diria’”, comentou a australiana durante o Venice Film Festival. “O conceito é mais como se eu estivesse tocando-atuando. É divertido”.

Só vem, Sia!

Mixme
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Copyright © Br Polidoro | Todos os direitos reservados

Design by Anders Noren